Intestino

4 Doenças Mais Comuns Que Podem Ocorrer No Intestino

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP), as Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) afetam mais de 5 milhões de pessoas no planeta, sendo as condições que mais comumente ocorrem no intestino.

Você já ouviu falar nessas patologias? Quer saber mais sobre suas causas e sintomas? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber.

1) Doença de Crohn

A doença de Crohn é a mais frequente das DIIs e se caracteriza por uma inflamação crônica em um ou mais trechos do intestino do trato digestivo, principalmente o íleo, que é a parte final do intestino delgado.

Ainda, essa condição tende a causar sintomas que se confundem com outras doenças, tais como, diarreia constante, presença de sangue nas fezes, febre, dores abdominais de intensidade forte a moderada, formação de fístulas e abscessos no intestino.

No que se refere ao tratamento, a doença de Crohn não é passível de cura, mas os sintomas podem ser controlados a partir da terapia nutricional. Caso os sintomas persistam, o tratamento cirúrgico passa a ser necessário.

2) Retocolite ulcerativa

Trata-se de uma DII que se caracteriza por uma inflamação crônica do cólon, sendo comum em adolescentes e adultos jovens. Diferente da doença de Crohn, a retocolite ulcerativa raramente alcança o intestino delgado.

Ainda, essa condição costuma provocar o aparecimento de lesões ulcerosas na parede do intestino, o que ocasiona os episódios de crise, nos quais os pacientes apresentam cólicas leves e súbita vontade de evacuar, combinada a presença de muco ou sangue nas fezes.

O tratamento dessa doença do intestino é de longo prazo, podendo perdurar por toda a vida. As medidas consistem no uso de medicamentos para o controle da inflamação intestinal e visam melhorar a qualidade de vida do paciente.

3) Doença celíaca

A doença celíaca é uma desordem em que as células do sistema imunológico atacam outras células do corpo em razão da intolerância ao glúten. Por vezes, essa condição passa despercebida.

Isso porque provoca sintomas leves, principalmente em pessoas que consomem pouco trigo, centeio e/ou cevada. Porém, é necessário  abolir a ingestão do glúten a fim de evitar sintomas mais graves.

Entre os principais sinais da doença celíaca estão: diarreia ou prisão de ventre crônica, dor abdominal, inchaço na barriga, danos à parede intestinal, falta de apetite, baixa absorção de nutrientes, anemia, perda de peso e osteoporose.

No que se refere ao tratamento, a medida mais eficaz é a manutenção de uma dieta com total ausência de glúten. No entanto, essa não é uma tarefa simples, pois o paciente precisa conviver com muitas restrições alimentares.

4) Câncer de intestino

O não tratamento de uma DII ou de outras doenças intestinais pode contribuir para o desenvolvimento de um câncer de intestino, condição que ocorre em função da multiplicação de células doentes de forma desordenada.

Ainda, a presença de um tumor no intestino pode levar a mudanças nos hábitos de evacuação, sangue nas fezes, dores e perda de peso. Porém, mesmo quem é assintomático precisa fazer exames de checkup a partir dos 45 anos para identificar lesões benignas antes que se tornam cancerígenas.

O tratamento do câncer de intestino é cirúrgico e consiste na remoção da parte afetada do órgão e dos gânglios linfáticos do abdômen. Outras etapas do tratamento envolvem radioterapia, associada ou não à quimioterapia.

Enfim, com a leitura deste post você conheceu um pouco mais sobre algumas das doenças mais comuns do intestino. Portanto, caso perceba algum sintoma anormal, não hesite em procurar um médico para ser avaliado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp