baço

4 Causas Para O Baço Inchado

Embora pouco conhecido, o baço é um órgão importante para o corpo, principalmente porque atua na defesa do organismo. Contudo, pode ser acometido por uma condição que faz com que aumente de volume, chamada de esplenomegalia.

Você já ouviu falar nessa doença? Quer saber mais sobre os fatores que podem causá-la? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, saiba tudo sobre as causas para o baço inchado.

1) Mielofibrose

Trata-se de um tipo de câncer sanguíneo raro que acomete o tecido fibroso da medula óssea. O quadro faz com que esse tecido substitua as células produtoras de sangue, resultando na produção de glóbulos vermelhos com formato anormal. Com isso, o paciente pode apresentar anemia e o baço inchado. 

Ainda, a mielofibrose é uma doença que acomete pessoas de ambos os gêneros, principalmente aquelas com mais de 50 anos. Contudo, também pode ocorrer em recém-nascidos e em idosos com mais de 90 anos.

Entre os principais sintomas causados por essa condição estão: cansaço excessivo sem causa aparente, respiração curta, falta de ar, desconforto no lado esquerdo do abdômen, suores noturnos, febres, infecções frequentes, anemia, palidez, hemorragias, trombose, entre outros.

2) Sarcoidose

Trata-se de uma doença inflamatória, multissistêmica, autoimune, não contagiosa, de causa não conhecida e que se caracteriza pelo crescimento de nódulos inflamatórios em diversas partes do corpo. Isso ocorre como uma resposta a algum tipo de agressão sofrida pelo organismo.

Entre as áreas mais acometidas pela sarcoidose estão os pulmões, os linfonodos e o fígado. Embora seja raro, a doença também pode afetar o baço, causando um aumento do seu volume.

Ainda, a condição pode se manifestar em qualquer idade, principalmente entre mulheres de 20 a 40 anos. Apesar de não ter causa conhecida, pode estar relacionada a uma resposta exagerada do sistema imune a um agente invasor, como microrganismos, produtos químicos ou poeira.

No que se refere aos sintomas, a sarcoidose pode ser assintomática. Quando os sintomas estão presentes, eles costumam ser: cansaço extremo, febre, perda de peso, sudorese noturna, distúrbios pulmonares e linfonodos.

3) Mononucleose

Também chamada de doença do beijo, a mononucleose é uma infecção causada pelo vírus Epstein-Barr, sendo transmitido pela saliva. Essa doença pode surgir em qualquer idade. Quando acomete crianças, tende a ser assintomática e não exige tratamento.

Por ser transmitida pela saliva, a mononucleose é facilmente transmitida de uma pessoa para outra por meio do beijo, sendo esta a principal forma de transmissão. No entanto, o vírus pode ser espalhado no ar através de gotículas que são liberadas no espirro e na tosse.

Em adolescentes e adultos, os sintomas tendem a aparecer de 4 a 6 semanas após o contato com o vírus. Os principais sinais da doença são: dor de cabeça e garganta, mal estar geral, febre alta, presença de placas esbranquiçadas na boca, cansaço excessivo e aparecimento de ínguas no pescoço.

4) Doença de Chagas

Trata-se de uma doença transmissível causada por um inseto conhecido como barbeiro contaminado por um parasita chamado Trypanosoma cruzi. Esse inseto pode ser encontrado na mata, ninhos de pássaros e em frestas e buracos na parede.

Ainda, a contaminação se dá pelo contato com as fezes que o barbeiro deposita na pele do indivíduo enquanto suga o sangue. A picada causa coceira e o ato de coçar facilita o acesso do parasita.

Febre aguda, mal estar, falta de apetite, edemas, baço inchado e distúrbios cardíacos são alguns dos sintomas causados pela Doença de Chagas. Em quadros graves, a doença prossegue ativamente, comprometendo todo o organismo

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu as principais causas do baço inchado. Então, caso perceba algum sintoma semelhante aos mencionados ou um desconforto abdominal na região do órgão, procure o seu médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp